Entrevista de Taylor e Robert para a resvista ONE


Qual sua cena favorita em Lua Nova?


Taylor: A cena em que Jacob declara seu amor por Bella de uma maneira indireta fazendo entender que eles não podem mais ser amigos. Ele só se transformou em um lobisomem e cortou o cabelo para marcar sua mudança/evolução. Então Jacob anuncia para Bella que eles não podem mais ser amigos porque ele gosta demais dela e odeia Edward que é seu inimigo mortal por ser um vampiro.


Robert: Eu, eu amo todas as cenas de alucinação com a Bella que são bem estilizadas. Edward está semi-presente no livro porque a ação se foca na Bella e em Jacob. Os roteiristas adicionaram alguns sonhos onde Bella imagina que ela é perseguida por Edward. Eu tive a oportunidade de interpretar outro papel e foi muito interessante mostrar um lado mais perigoso e sinistro.


Quais cenas foram mais difíceis de filmar?


Taylor: Todas as cenas que eu filmei durante março em Vancouver enquanto nevava! (risos) O tempo não nos perdoou. Durante as cenas, o sol apareceu, mas, quando nós filmávamos na primavera, as temperaturas eram congelantes e eu tive que filmar sem camiseta e fingir que eu não estava quase morrendo de frio.


Robert: Mesmo que sejam as minhas cenas favoritas, as visões que Bella tem são muito difíceis de fazer. Elas são bem reforçadas com efeitos especiais. Eu fui constantemente filmado em frente a um fundo verde e integrado a ação depois de Kristen filmar a cena. Meus movimentos eram cuidados milimetricamente e foi muito complicado. Mas na tela, o resultado é impressionante.


Há aspectos de seus personagens que irritam vocês?


Robert: Me incomoda que as pessoas continuem a descrever Edward como um herói romântico. Ele é muito mais complexo que isso. No topo de tudo, geralmente, o herói salva a donzela da aflição nas histórias clássicas. E ainda, em contra partida é Bella que salva a vida dele na maior parte dos livros. Edward precisa mais de Bella do que ela precisa dele. Ao menos, Bella pode sempre contar com Jacob. Edward não tem mais ninguém...


Taylor: Interpretar alguém que acaba sendo rejeitado por Bella não é um papel fácil. Se eu pudesse, eu teria reescrito o script para que Jacob vencesse a luta! (risos) Mas na realidade, eu não posso reclamar de ser Jacob. Em Lua Nova, eu tenho a oportunidade de interpretar dois papéis de certo modo. Jacob é tão diferente antes e depois de sua transformação que é como se interpretasse outra pessoa.

0 comentários:

Postar um comentário