Entrevista com Cameron Bright

Pode me falar um pouco sobre seu personagem em Eclipse?

Meu personagem em Eclipse? Não posso falar muito sobre o que eu faço, nem nada assim. Quanto a quem eu interpreto, vocês já sabem. Eu faço o Alec. Ele é um dos Volturi de Lua Nova e tudo mais. Mas é segredo, então eu não posso dizer exatamente o que eu faço porque quero que todo mundo vá assistir ao filme.

Bem, então vou perguntar outra coisa. Os atores de Crepúsculo sempre dizem que é como se eles fossem uma grande família. Você concorda com isso?


Eu não diria exatamente uma família. Acho que está mais para parceiros do crime, amigos, sabe? Ah! Nós somos muito amigos. Posso dizer que sou amigo de muita gente lá e fico feliz de ter conhecido as pessoas desse filme, mas tecnicamente nós somos apenas colegas, certo? Eles estão fazendo o mesmo que eu e é isso que mais gosto neles.

Eu sei que seu personagem tem poderes especiais e me parece difícil interpretar algo que ninguém pode ver. Como é transmitir algo que não é visualmente óbvio?


Eu paraliso os sentidos das pessoas. Sou o tipo de cara que você não vai querer irritar porque não sabe o que pode acontecer com você. Mas por outro lado é um poder bem legal. Sabe, é diferente. Eu não sou como os normais que lêem mentes e essas coisas. Eu paraliso os sentidos! Você quer ouvir? Não, você não pode. Sabe, esse tipo de coisa

0 comentários:

Postar um comentário