Entrevista com a estrela Robert Pattinson

NOVA YORK – Existem estrelas, ídolos – e existem aqueles de talentos múltiplos – aqueles caras que nem precisamos dizer que levam as garotas à loucura.

Um exemplo deles é Robert Pattinson, o ator inglês de 23 anos que interpreta o vampiro Edward na série de filmes Crepúsculo, um garoto normal e educado. Agora ele vive Tyler, um jovem problemático no drama Lembranças, dirigido por Allen Coulter.

Ele recentemente pôde tirar um tempinho de sua vida corrida para responder a algumas perguntas sobre seu novo filme e sobre o vampiro a quem deu vida nas telonas:

Você escolheu esse personagem para diferenciá-lo da imagem do Edward Cullen?

Foi uma das razões. Mas houve algo diferente no roteiro, algo que me marcou. Foi estranho – você se pergunta o porquê dele ter sido escrito, o que aconteceu àquele que o escreveu, se os elementos presentes no roteiro são verdadeiros. E pareceu legal passar o verão em Nova York, algo legal para fazer depois do pandemônio todo.

O Pierce Brosnan foi o James Bond em quatro dos filmes da série, e você participa de uma série de quatro filmes também. Vocês chegaram a falar sobre isso?

Na verdade não, mas ele foi ótimo, nem um pouco pretensioso, uma pessoa muito tranquila. Na primeira vez que saímos para jantar juntos, havia algumas pessoas na mesa ao lado olhando para ele, o Pierce foi até eles e se apresentou, todo mundo ficou se sentiu bem com isso.

Eles estavam olhando para ele e não para você?

Eles não tinham ideia alguma de quem eu era. Era um restaurante francês antigo no Upper West Side. Alguém perguntou ao Pierce, ‘Ele é seu filho?’ E ele disse, ‘Sim! Ele é o meu filho…’ Ele foi uma pessoa muito divertida para trabalhar junto.

Há apenas quatro filmes da série Crepúsculo, o terceiro filme será lançado em junho. É como se você já estivesse no final da saga.

É por isso que nunca me preocupei. O último será filmado no final do ano, e acabou. Feito. E também porque não era um projeto que eu comecei a fazer quando criança, não sinto como se estivesse perdendo ou vendendo a minha infância. É uma experiência muito divertida. É como uma supernova. Aconteceu tudo tão rápido, e então acaba.

O que você vai fazer após isso?

No momento estou filmando Bel Ami, que é baseado no romance de Guy de Maupassant. Eu interpreto um cara que seduz as mulheres para subir na vida, que trai todo mundo. Qualquer um que lhe faz um favor, ele acaba por enganar essa pessoa, e acaba ganhando algo com isso no final. Ele é uma ameaça à sociedade. É uma experiência completamente diferente do que já fiz.

0 comentários:

Postar um comentário