Melissa Rosenberg fala de seus planos para Amanhecer e diz o quão sangrento será o filme

Agora que Eclipse já está nos cinemas e bateu o recorde de bilheterias, os fãs de Crepúsculo estão ansiosos esperando pelo próximo capítulo da história de amor entre Bella e Edward: Amanhecer. Fizemos uma entrevista exclusiva com Melissa Rosenberg, a roteirista de todos os filmes da saga, para descobrirmos o que podemos esperar dos próximos dois filmes. Ela ainda não revelou se o nascimento da filha de Bella irá para as telonas e contou sobre sua maior surpresa com fãs e de como é sua relação criativa com Stephenie Meyer.

PopSugar: O que você achou da decisão de dividir Amanhecer em dois filmes?
Melissa Rosenberg: Na verdade, foi um alívio, por que estava sendo um desafio resumir um livro grande em apenas um filme. Isso foi um desafio em todos eles e ainda mais comAmanhecer. Ter um pouco de espaço entre eles é bom para respirar, por outro lado, também há o desafio de ter certeza que será o bastante para preencher dois filmes.
PS: Ouvimos falar que há algumas cenas que você quer evitar nas filmagens de Amanhecer. Por exemplo, Bella dando à luz. Você pode nos dizer o motivo?
MR: Essa foi uma informação errada. O nascimento, todas as cenas, eu acho que podem ir para as telonas. Talvez, eu tenha me referido ao seguinte: veríamos os dentes de Edward através da placenta? Eu acho que não. Eu acho que não precisamos ver isso e, se alguém precisar ver, acho melhor pensar duas vezes (risadas). Isso será implícito, mas acho que não veremos dentes na placenta.
PS: Qual responsabilidade você sente que tem para com os fãs? Você pensa neles enquanto redigi as cenas?
MR: A responsabilidade que eu tenho para com os fãs? Bom, acho que é uma: deixá-los felizes, claro. Eu quero que as pessoas se divirtam e que não pensem que estraguei o seu romance favorito! Mas eu percebi que não se pode agradar a todos. Mas o peso que eu sinto é uma enorme responsabilidade, sabendo que muitas mulheres e adolescentes irão assistir ao filme e estão assistindo para terem certeza que está sendo retratado aquele modelo de Bella, que é mulher e forte. Essa é a mensagem positiva que elas estão recebendo.
PS: Qual foi a reação mais louca ou surpresa que você já teve de um fã?
MR: Não se pode chamar isso de loucura, mas uma loucura maravilhosa. Eu tinha acabado de chegar a Paris. Eu estava lá (para uma coletiva de imprensa) com alguns atores: Daniel Cudmore, Edi Gathegi, Michael Welch e Alex Meraz. No final, houve a cerimônia de encerramento e nos disseram que tinha uma surpresa para nós e nos levaram para fora do palco. E todos ficaram naquele escuro, como se estivessem rezando. Foi muito estranho. E depois de um tempo, começou a tocar Bad Romance, da Lady Gaga e eles começaram a fazer uma coreografia ensaiada em três dias. A dança era linda e unificada, e aquilo foi maravilhoso. Ficamos todos chocados. Milhares de pares de mão, todas subindo ao mesmo tempo, no som da batid a- foi uma experiência poderosa… eu me perguntei: isso teria acontecido em outro lugar, se não fosse na França? O público americano teria sido tão legal?
PS: Quão envolvida Stephenie está no projeto do filme e qual a sua relação com ela?
MR: Stephenie está muito envolvida. Minha relação com ela tem melhorado a cada filme. Quando a encontrei e comecei a trabalhar no projeto, não tinha motivos para ser protetora. Ela é extremamente colaboradora e um recurso extraordinário. Então, comecei a me acoplar mais com ela e isso evoluiu em Lua Nova e ainda mais em Eclipse. Ela pondera isso a cada esboço do roteiro. Ela está sempre presente e muita evolvida.
PS: Qual sua cena favorita dos livros ou filmes? Há alguma em que você se divertiu ao redigir ou está ansiosa para fazê-lo?
MR: Há muitas. Eu acho que ver Bella como vampira e se acostumando com seus poderes, essas foram cenas realmente divertidas de redigir. Principalmente, quando você imagina Kristen Stewart interpretando-a e do jeito que ela encarna Bella, como se fosse meio desajeitada ou inquieta. Quando ela se transforma em vampira, todas essas características somem.

0 comentários:

Postar um comentário